Um Pouco sobre a vida de cada um

Standard

Pedro
Minha maior influência é o meu pai, de quem eu sinto muita falta até hoje. Sou um apaixonado por música desde que eu era pequeno. Meu instrumento preferido é o bom e velho violão, fiel companheiro na alegria e na tristeza. Quando criamos a banda Rebeldes, fiquei responsável por muitas melodias e acabei conquistando o respeito e confiança da galera.

Tomás
Pra falar a verdade, no começo eu me interessei pela banda só para aumentar ainda mais a minha popularidade e me dar bem com as garotas, uma das minhas maiores paixões. Mas, aos poucos, fui gostando cada vez mais do som que fazia com a turma no porão, e pude tocar vários instrumentos – coisa que a minha avó não levava a sério. Adorei compor canções com o Pedro e com a Alice e acabei me dedicando a algo a mais na vida, além, lógico, de sexo e diversão.

Diego
Mesmo contrariado por meu pai, que acha que pode mandar na minha vida, eu sempre gostei de música e queria seguir a carreira artística. Com a ajuda da galera de Rebeldes, aprendi a tocar violão e entrei na banda escondido de toda a minha família. Além de dividir o palco com meus melhores amigos e fazer o que mais gosto na vida, ainda recebo todo o apoio deles para enfrentar os meus problemas e fazer minhas próprias escolhas.

Roberta
Dizem que eu sou rebelde, mas eu me vejo forte e independente. Só isso. E a culpa é da minha mãe, que também é cantora: a Eva Messi. Estou acostumada com os artistas vivendo lá em casa e com o clima de liberdade e responsabilidade. Mas agora é diferente… É a minha vez de arrepiar nos palcos! Acompanhem-me!!!!

Alice
Por ser filha de uma cantora, embora meu pai não goste muito, dizem que possuo música no DNA. Além de soltar a voz, também gosto de me expressar através das letras que componho. Quem sabe um dia não realizo meus grandes sonhos: conhecer o mundo e ter uma vida de sucesso.

Carla
Eu sou a Carla e fui a última a entrar na banda! Passei a fazer as coreografias da nossa banda e estou aprendendo a soltar a minha voz. Pode acreditar: eu tinha uma big vergonha de me apresentar . Mas a turma está me dando a maior força.
Assista: De Segunda a Sexta, às 20h30.
Site:http://entretenimento.r7.com/rebelde/banda-rebeldes/videos/

Mais um pouco

Standard

Audiência
A telenovela, vista como uma “aposta” de sua emissora, foi alvo de ampla divulgação nos dias antecedendo sua estreia. Seu primeiro capítulo, entretanto, apresentaria índices de audiência apenas satisfatórios, considerando a medição da cidade de São Paulo[111]. Pesquisa realizada no portal iG apontaria que apenas um terço dos votantes pretendia assistir a estreia – os demais pretendiam assistir Morde & Assopra, produção que seria exibida na mesma faixa de horário. O jornalista Fernando Oliveira comentaria que a enquete mostraria-se “certa” após os índices de ambas as produções serem contabilizados: Morde & Assopra obteria mais que o dobro da audiência conquistada por Rebeldee menos que Bela, a Feia, coprodução Record-Televisa anterior, havia conseguido em sua estreia.

Audiências obtidas por Morde & Assopra e por Rebelde, durante o primeiro mês de exibição de ambas.
Enquanto Morde & Assopra sofreu considerável, mas prevísivel queda na audiência obtida naquela primeira semana, Rebelde manteve uma audiência estável[115]. A média de 9 pontos obtida inicialmente aumentaria no decorrer da exibição, e a telenovela seguiria mantendo, por todo o seu primeiro mês de exibição, uma média de 10 pontos na medição do Ibope – algo considerado excepcional pelo jornalista José Armando Vannucci em texto publicado no início de abril: “A estabilidade nessa fase inicial é algo raro em dramaturgia uma vez que, tradicionalmente, novelas perdem audiência nos capítulos das primeiras semanas. Quando uma trama estreia, os programadores das emissoras de TV já sabem que nos primeiros 20 dias muitas oscilações acontecerão e que a média cairá porque o público precisa se acostumar com a novidade. Até o momento, “Rebelde” tem se mostrado eficiente na faixa das 19h para os planos da Record e não é prudente exigir da equipe um pouco mais nesta fase da novela”[116].
Em outras capitais nas quais o Ibope realiza a medição da audiência, a telenovela estaria obtendo índices ainda mais favoráveis: durante o mês de maio, Rebelde manteve uma média de 23 pontos em Belém, 15 em Brasília e 14 no Rio de Janeiro.
Referências

1. ↑ Rebelde: Roberta dá um banho de suco em Alice (em português). R7 – Vídeos. Página visitada em 10-06-2011.
2. ↑ Rebelde – Veja os melhores momentos de “Rebelde” nesta terça (10) (em português). R7. Página visitada em 10-06-2011.
3. ↑ Banda Rebeldes lança seu primeiro álbum (em português). R7. Página visitada em 12 de setembro de 2011.
4. ↑ a b c d Flávio Ricco; José Carlos Nery (1º de março de 2011). Record confirma estreia de “Rebelde” dia 21 (em português). Coluna do Flávio Ricco. televisao.uol.com.br. Página visitada em 3 de março de 2011.
5. ↑ “Rebelde” deverá ter ao menos 250 capítulos na Record (em português). NaTelinha. Página visitada em 12 de setembro de 2011.
6. ↑ Margareth Boury segue trabalhando sozinha em “Rebelde” (em português). NaTelinha. natelinha.uol.com.br (3 de agosto de 2010).
7. ↑ a b c d e Daniel Castro. Record define quem será quem na versão brasileira de Rebelde (em português). R7. Página visitada em 14-06-2011.
8. ↑ Redação NaTelinha (19 de março de 2011). Especial “Rebelde”, a nova novela da Record (em português). NaTelinha. natelinha.uol.com.br. Página visitada em 20 de março de 2011.
9. ↑ José Armando Vannucci (22 de fevereiro de 2011). “Rebelde” terá esquema especial de lançamento e retoma segundo horário de novelas na Record (em português). Parabólica. Jovem Pan. jovempan.uol.com.br. Página visitada em 6 de março de 2011.
10. ↑ Redação NaTelinha (9 de novembro de 2010). Confirmado: “Rebelde” será a primeira novela da Record em alta definição (em português). NaTelinha. natelinha.uol.com.br. Página visitada em 6 de março de 2011.
11. ↑ a b Giovani Lettiere (3 de março de 2011). Nada de crise: até abril, estreiam cinco novelas (em português). R7 Entretenimento. R7.com. Página visitada em 3 de março de 2011.
12. ↑ Rebelde – Téo esbarra nos meninos e acaba sofrendo bullying. R7. Página visitada em 2-08-2011.
13. ↑ Rebelde – Bia sofre bullying e ameaças de meninas da vila. R7. Página visitada em 02-08-2011.
14. ↑ (9 de março de 2011). Rebelde vai abordar dramas atuais da adolescência como o alcoolismo e a bulimia. São Paulo, SP: Jornal da Record. Rede Record. Acessado em 12 de março de 2011.
15. ↑ Paula Teixeira (3 de março de 2011). Rebelde vai abordar o alcoolismo entre adolescentes (em português). CNews. Página visitada em 12 de março de 2011.
16. ↑ Fernanda Tsuji (18 de março de 2011). Shakira, Christián Chávez, Rebelde…semana cheia! (em português). Direto do México. Minha Novela. MdeMulher.abril.com.br. Página visitada em 20 de março de 2011.
17. ↑ Fernanda Tsuji (1 de dezembro de 2010). Conversamos com os Rebeldes brasileiros! Saiba tudo sobre a nova versão! (em português). Direto do México. Minha Novela. MdeMulher. Página visitada em 20 de março de 2011.
18. ↑ Fernanda Tsuji (21 de março de 2011). Saiba o que os ex-RBDs estão achando do remake da Record! (em português). Direto do México. Minha Novela. MdeMulher. Página visitada em 20 de março de 2011.
19. ↑ Tele-Visão: “Rebelde” x “Rebelde”: nova briga entre Record e SBT (em português). Tele História (14 de março de 2011). Página visitada em 22 de março de 2011.
20. ↑ a b c Tatiana Contreiras (18 de março de 2011). Versão brasileira do hit mexicano, ‘Rebelde’ estreia na Record com música e questões adolescentes (em português). Revista da TV. O Globo. Página visitada em 31 de março de 2011.
21. ↑ Cristina Padiglione (11 de julho de 2005). “Novela de Lauro César na Record será gravada em SP” (em português). Estado de S.Paulo. Página visitada em 5 de março de 2011.
22. ↑ Simone Mousse (9 de outubro de 2005). “Reconstruindo Brasília em São peido” (em português). O Globo. Página visitada em 5 de março de 2011.
23. ↑ (1 de junho de 2005) “Entrelinhas” (em português). O Estado de S.Paulo. Página visitada em 5 de março de 2011.
24. ↑ Keila Jimenez (3 de outubro de 2005). “Record aluga cidade cenográfica” (em português). Estado de S.Paulo. Página visitada em 5 de março de 2011.
25. ↑ Keila Jimenez (10 de janeiro de 2006). “Record inicia Cidadão Brasileiro” (em português). O Estado de S.Paulo. Página visitada em 5 de março de 2011.
26. ↑ Simone Mousse (10 de janeiro de 2006). “Luzes, Câmera, Ação!” (em português). O Globo. Página visitada em 5 de março de 2011.
27. ↑ a b Thiago Stivaletti (7 de março de 2006). Com “Cidadão Brasileiro”, Record gasta o dobro de “Prova de Amor” (em português). UOL. Página visitada em 5 de março de 2011.
28. ↑ Giovani Lettiere (17 de novembro de 2006). Marcílio: ‘Vidas opostas’ tem potencial para 30 pontos de audiência (em português). O Globo. Página visitada em 6 de março de 2011.
29. ↑ Rafael Simi. Novela ‘Luz do sol’, que estréia nesta quarta, aposta em jovens atores que buscam o sucesso (em português). Revista da TV. O Globo. Página visitada em 6 de março de 2011.
30. ↑ Redação Terra (21 de março de 2007). Luz do Sol: Paloma Duarte estréia sua segunda protagonista na Record (em português). Gente & TV. Terra. Página visitada em 6 de março de 2011.
31. ↑ a b Redação Folha Online (05 de agosto de 2008). Estreia de “Bela, A Feia” perde para saga dos “Mutantes” (em português). Ilustrada. Folha de S. Paulo. Folha.com. Página visitada em 6 de março de 2011.
32. ↑ a b Estréia de “Cidadão Brasileiro” agrada na audiência (em português) (14 de março de 2006). Página visitada em 6 de março de 2011.
33. ↑ Vanessa Sulina (3 de novembro de 2009). Diretor revela novidades da teledramaturgia da Record (em português). R7. Página visitada em 6 de março de 2011.
34. ↑ Diogo de Oliveira (14 de outubro de 2006). Record lança “Alta Estação” e inaugura o 3º horário de novelas (em português). Terra. Página visitada em 6 de março de 2011.
35. ↑ Redação NaTelinha (15 de maio de 2007). Exclusivo: Autora de Alta Estação diz que mudanças no horário derrubaram audiência (em português). NaTelinha. natelinha.uol.com.br. Página visitada em 6 de março de 2011.
36. ↑ Redação NaTelinha (16 de maio de 2007). Record decepciona com corte de Alta Estação (em português). NaTelinha. natelinha.uol.com.br. Página visitada em 6 de março de 2011.
37. ↑ Bicho do Mato e Cidadão Brasileiro mantém Record na vice-liderança do horário (em português). areavip (22 de agosto de 2006). Página visitada em 6 de março de 2011.
38. ↑ Redação O Globo (6 de março de 2007). Record muda horário de novela e tira pontos de ‘Paraíso tropical’ (em português). O Globo. oglobo.globo.com. Página visitada em 6 de março de 2007.
39. ↑ Daniel Castro (20 de maio de 2008). Record “namora” Televisa, parceira do SBT (em português). Folha de S.Paulo. Folha Online. Página visitada em 6 de março de 2011.
40. ↑ Press release (1 de setembro de 2008). Record e Televisa fecham acordo para co-produção de novelas (em português). Rede Record. Página visitada em 6 de março de 2011.
41. ↑ Redação Folha Online (29 de agosto de 2008). Record e Televisa fecham acordo para produzir novelas (em português). Folha de S.Paulo. Página visitada em 6 de março de 2011.
42. ↑ Luisa Belchior (8 de outubro de 2008). Record e Televisa produzem “Rebelde” brasileiro (em português). Folha de S.Paulo. Página visitada em 6 de março de 2011.
43. ↑ Gabriela Jaya. Negócio fechado (em português). Folha Universal. Página visitada em 6 de março de 2011.
44. ↑ José Armando Vannucci (23 de junho de 2009). Momento ruim nas novelas da Record (em português). Parabólica. Jovem Pan. jovempan.uol.com.br. Página visitada em 6 de março de 2011.
45. ↑ José Armando Vannucci (21 de janeiro de 2010). EXCLUSIVO: Record revê projeto e terá apenas um horário de novelas no primeiro semestre de 2010 (em português). Parabólica. Jovem Pan. jovempan.uol.com.br. Página visitada em 6 de março de 2011.
46. ↑ José Armando Vannucci (21 de janeiro de 2010). Record confirma em “Comunicado à Imprensa” linha de shows às 23h assim que acabar “Poder Paralelo” (em português). Parabólica. Jovem Pan. jovempan.uol.com.br. Página visitada em 6 de março de 2011.
47. ↑ Cuidado con el Ángel será a próxima novela da Record (em português). Blog do Daniel Castro. R7.com (26 de janeiro de 2010). Página visitada em 6 de março de 2011.
48. ↑ a b José Armando Vannucci (10 de junho de 2010). Record volta atrás, cancela novela em pré-produção e anuncia que “Rebelde” é a sua nova aposta (em português). Parabólica. Jovem Pan. jovempan.uol.com.br. Página visitada em 6 de março de 2011.
49. ↑ José Armando Vannucci (21 de janeiro de 2010). Record define nova novela “mexicobrasileira”, mas ainda não tem previsão para estreia (em português). Parabólica. Jovem Pan. jovempan.uol.com.br. Página visitada em 6 de março de 2011.
50. ↑ Daniel Castro. Record decide fazer versão brasileira de Rebelde (em português). R7. Página visitada em 14-06-2011.
51. ↑ Daniel Castro (13 de setembro de 2010). Record adia Rebelde para 2011 (em português). R7.
52. ↑ Record investe R$ 43 milhões em ‘Rebelde’ (em português). Terra. Página visitada em 15-06-2011.
53. ↑ Daniel Castro. Record vai vender de chiclete a celular da novela Rebelde (em português). R7. Página visitada em 15-06-2011.
54. ↑ Daniel Castro. Novela da Record vai discutir diploma e mercado de trabalho (em português). R7. Página visitada em 15-06-2011.
55. ↑ Flávio Ricco; José Carlos Nery. Record passará a trabalhar com três horários fixos para teledramaturgia (em português). R7. Página visitada em 15-06-2011.
56. ↑ NaTelinha. Margareth Boury garante que fãs de “Rebelde” irão gostar da versão brasileira (em português). NaTelinha. Página visitada em 15-06-2011.
57. ↑ Redação R7 (1 de março de 2011). Chay Suede fala sobre a rotina de gravações em Rebelde (em português). R7. Página visitada em 14 de março de 2011.
58. ↑ Vírgula. Eliminado do Ídolos, Chay Suede deve integrar elenco de Rebelde (em português). Vírgula (UOL). Página visitada em 15-06-2011.
59. ↑ a b Carla Bittencourt (12 de março de 2011). Luciano Szafir ganha papel de destaque em ‘Rebelde’ (em português). Telinha. Jornal Extra. Página visitada em 14 de março de 2011.
60. ↑ Equipe da Redação do NaTelinha. Record impõe regras aos protagonistas de “Rebelde” (em português). NaTelinha. Página visitada em 15-06-2011.
61. ↑ Flavia Almeida (7 de novembro de 2010). Atores da versão brasileira de Rebeldes ansiosos pela estreia (em português). OFuxico. Página visitada em 7 de março de 2011.
62. ↑ Astros de “Rebelde” vão usar uniforme descolado do original (em português). Folha de S. Paulo. Página visitada em 14-06-2011.
63. ↑ a b Daniel Castro. Rebeldes da Record deixarão escola nos fins de semana (em português). R7. Página visitada em 14-03-2011.
64. ↑ Fernanda Tsuji. Vai começar: Rebelde Brasil (em português). Editora Abril. Página visitada em 14-06-2011.
65. ↑ Flávio Ricco; José Carlos Nery. Globo tem planos para Fábio Assunção (em português). UOL. Página visitada em 14-06-2011.
66. ↑ Daniel Castro. Rebelde terá cenas de luta, onomatopeia e pastelão. R7. Página visitada em 29-06-2011.
67. ↑ Ousadia ou loucura (em português). Coluna do Flávio Ricco. televisao.uol.com.br (3 de março de 2011). Página visitada em 3 de março de 2011.
68. ↑ Redação SRZD. ‘Record’ vai sortear prêmios no intervalo de ‘Rebelde’ para garantir audiência (em português). SRZD. Página visitada em 15-06-2011.
69. ↑ Redação NaTelinha. Record dará prêmios para ampliar índices no horário de “Rebelde” (em português). NaTelinha. Página visitada em 15-06-2011.
70. ↑ Flávio Ricco; José Carlos Nery. Record dá carros, viagens e computadores para promover “Rebelde” (em português). UOL. Página visitada em 15-06-2011.
71. ↑ Redação NaTelinha. “Cidade Alerta” estaria prestes a voltar à grade da Record (em português). NaTelinha. Página visitada em 15-06-2011.
72. ↑ Redação NaTelinha (5 de março de 2011). Versão mexicana de “Rebelde” pode ser reprisada pelo SBT (em português). NaTelinha. natelinha.uol.com.br. Página visitada em 20 de março de 2011.
73. ↑ a b Redação R7 (8 de março de 2011). SBT vaza chamada de Rebelde e cria polêmica (em português). R7. Página visitada em 20 de março de 2011.
74. ↑ Redação NaTelinha (10 de março de 2011). SBT se prepara judicialmente para reprisar “Rebelde” (em português). NaTelinha. natelinha.uol.com.br. Página visitada em 20 de março de 2011.
75. ↑ Keila Jimenez (Redação Folha de S.Paulo) (10 de março de 2011). Jurídico do SBT se prepara para exibição de “Rebelde” original (em português). Ilustrada. Folha de S.Paulo. Folha.com. Página visitada em 20 de março de 2011.
76. ↑ Fernando Oliveira (11 de março de 2011). SBT pode comprar briga com Record por causa de ‘Rebelde’ (em português). Na TV. iG. colunistas.ig.com.br. Página visitada em 20 de março de 2011.
77. ↑ Flávio Ricco; José Carlos Nery (13 de março de 2011). Ponto final (em português). Coluna do Flávio Ricco. Página visitada em 20 de março de 2011.
78. ↑ Fernanda Tsuji (11 de março de 2011). Rebelde mexicano volta pro SBT? (em português). Direto do México. Minha Novela. MdeMulher. Página visitada em 20 de março de 2011.
79. ↑ Redação NaTelinha (18 de março de 2011). SBT prepara semana “Harry Potter” para frear “Rebelde” (em português). NaTelinha. natelinha.uol.com.br. Página visitada em 20 de março de 2011.
80. ↑ Redação R7 (23 de março de 2011). “Uma Rosa com Amor” substituirá “Camaleões” no SBT (em português). NaTelinha. natelinha.uol.com.br. Página visitada em 25 de março de 2011.
81. ↑ Redação NaTelinha. SBT altera programação para tentar frear “Rebelde”, da Record (em português). NaTelinha. Página visitada em 15-06-2011.
82. ↑ Record define mas esconde título de próxima adaptação da Televisa (em português). NaTelinha (27 de abril de 2011). Página visitada em 27 de abril de 2011.
83. ↑ a b Rebelde bate recorde de audiência; boatos sobre uma nova temporada começam a surgir (em português). NaTelinha (29 de abril de 2011). Página visitada em 29 de abril de 2011.
84. ↑ Patricia Kogut (14 de junho de 2011). ‘Estrella’ (em português). Patricia Kogut: O Globo. Página visitada em 16 de junho de 2011.
85. ↑ José Armando Vanucci (16-08-2011). “Rebelde” pode ser esticada e ganhar nova temporada na Record. NaTelinha. Página visitada em 20-08-2011.
86. ↑ Redação R7. Record muda programação e Rebelde vai brigar com JN. R7. Página visitada em 11 de julho de 2011.
87. ↑ Fernando Oliveira. Record mexe na grade noturna para pegar carona na audiência do Cidade Alerta. Na TV – iG. Página visitada em 13-07-2011.
88. ↑ Redação NaTelinha (11-07-2011). Equipe de “Rebelde” encara com receio novo horário. NaTelinha. Página visitada em 13-07-2011.
89. ↑ Flávio Ricco; José Carlos Nery. Record faz jogo duro para transmissão da Olimpíada. UOL. Página visitada em 13-07-2011.
90. ↑ Mauricio Stycer. Com mudança na grade, Record anda para trás e imita o SBT. Blog do Mauricio Stycer, hospedado no UOL. Página visitada em 13-07-2011.
91. ↑ Fernando Oliveira. Mudança na programação da Record aumenta audiência, mas não significativamente. Na TV – iG. Página visitada em 13-07-2011.
92. ↑ Redação NaTelinha. “Rebelde” registra audiência recorde. NaTelinha. Página visitada em 13-07-2011.
93. ↑ Patrícia Kogut. Audiências: ‘O Astro’ estreia com 28 pontos de média na Globo. O Globo. Página visitada em 13-07-2011.
94. ↑ Redação UOL. “Rebelde” tem a maior audiência desde a estreia. UOL. Página visitada em 13-07-2011.
95. ↑ UOL Redação. Versão brasileira de “Rebelde” vai ser exibida no México (em português). UOL. Página visitada em 17-06-2011.
96. ↑ a b c Daniel Castro. Versão brasileira de Rebelde será exibida pela Televisa no México (em português). R7. Página visitada em 14-06-2011.
97. ↑ Rayana Carvalho faz de Pilar a principal vilã de “Rebelde” (em português). UOL (9 de abril de 2011). Página visitada em 31 de maio de 2011.
98. ↑ Mariana Trigo (21 de janeiro de 2011). Depois de ‘Páginas da Vida’, atriz fará vilã em ‘Rebelde’ (em português). Terra Diversão. Terra.com.br. Página visitada em 3 de março de 2011.
99. ↑ Leonardo Ferreira (3 de março de 2011). Pérola Faria malha com personal para viver a garota fácil do colégio em novela (em português). Retratos da Vida. Jornal Extra. extra.globo.com.
100. ↑ Em “Rebelde”, vilã trama para que cozinheira seja demitida da escola (em português). UOL. Página visitada em 14 de junho de 2011.
101. ↑ Redação NaTelinha (13 de dezembro de 2010). Trilha de “Rebelde” não terá versões brasileiras de “RBD” (em português). NaTelinha. natelinha.uol.com.br. Página visitada em 22 de março de 2011.
102. ↑ Daniel Castro (27 de maio de 2011). Primeiro CD da banda de Rebelde terá rock, dance, balada e rap. R7. Página visitada em 29-06-2011.
103. ↑ Flávio Ricco; José Carlos Nery. Record define o nome de sua banda. UOL. Página visitada em 13-07-2011.
104. ↑ Daniel Castro (10 de março de 2011). Elenco de Rebelde grava tema de abertura da novela (em português). Blog do Daniel Castro. R7. Página visitada em 22 de março de 2011.
105. ↑ Isabela Zamboni. Rebelde vai gravar CD (em português). Revista Todateen. todateen.uol.com.br. Página visitada em 16 de junho de 2011.
106. ↑ “Rebelde – Banda canta duas músicas novas; veja!”. r7. . (página da notícia visitada em 27 de agosto de 2011)
107. ↑ Ana Linhares (21 de março de 2011). “Rebelde”, da Record, estreia com produção bem feita e atuações inexpressivas da ala jovem (em português). TV e Lazer. Extra Online. extra.globo.com. Página visitada em 22 de março de 2011.
108. ↑ a b Maurício Stycer (21 de março de 2011). Globo e Record suprimem intervalos comerciais em “guerra de novelas” (em português). UOL Televisão: Crítica. televisão.uol.com.br. Página visitada em 22 de março de 2011.
109. ↑ Miguel Arcanjo Prado (22 de março de 2011). Rebelde estreia com corpos sarados e ritmo veloz (em português). R7. Página visitada em 22 de março de 2011.
110. ↑ André Luiz Batista (7 de abril de 2011). Direto da Telinha: “Rebelde” está no caminho certo na Record. Na Telinha. UOL. Página visitada em 21 de junho de 2011.
111. ↑ Mateus Casaro (21 de março de 2011). “Rebelde” estreia com índices razoáveis na Record (em português). RD1 Audiência. Virgula. rd1.virgula.uol.com.br. Página visitada em 22 de março de 2011.
112. ↑ a b Redação UOL Rio (21 de março de 2011). “Rebelde” dá média de nove pontos de audiência; “Morde & Assopra” fechou com 30 (em português). UOL Televisão. Universo Online. televisao.uol.com.br. Página visitada em 22 de março de 2011.
113. ↑ Fernando Oliveira (21 de março de 2011). Batalha de novelas: ‘Morde & Assopra’ dá mais que o triplo de audiência de ‘Rebelde’ (em português). Na TV. iG. colunistas.ig.com.br/natv. Página visitada em 22 de março de 2011.
114. ↑ Redação NaTelinha (21 de março de 2011). Estreia de “Rebelde” garante segundo lugar à Record (em português). NaTelinha. natelinha.uol.com.br. Página visitada em 22 de março de 2011.
115. ↑ José Armando Vannucci (29 de março de 2011). Confira as principais audiências da segunda-feira, 28 de março (em português). Parabólica. Jovem Pan Online. Página visitada em 21 de junho de 2011.
116. ↑ José Armando Vannucci (8 de abril de 2011). Executivos da Record comemoram audiência consolidada de “Rebelde” (em português). Parabólica. Jovem Pan Online. Arquivado do original em 8 de julho de 2011. Página visitada em 21 de junho de 2011.
117. ↑ Flávio Ricco (19 de junho de 2011). Rebelde (em português). Coluna do Flávio Ricco. UOL. Página visitada em 21 de junho de 2011.

Um Pouco Sobre A Novela Rebelde

Standard

Rebelde é uma telenovela brasileira exibida pela Rede Record desde 21 de março de 2011[4]. Produzida pela Record e pela empresa mexicana Televisa, escrita por Margareth Boury[6] e dirigida por Ivan Zettel, é inspirada na telenovela mexicana homônima escrita por Pedro Damián[7], que, por sua vez, havia sido inspirada na telenovela argentina Rebelde Way, criada por Cris Morena[8]. É uma obra representativa na história da teledramaturgia da Record por, além de ser a segunda parceria com a emissora mexicana, retomar a produção e exibição de duas telenovelas simultâneas em sua programação[9] e ser a primeira de seu gênero a ser produzida em alta definição[10].

Sophia Abrahão, Arthur Aguiar, Lua Blanco, Micael Borges, Melanie Fronckowiak e Chay Suede interpretam os papéis principais, numa trama que narra o cotidiano de seis adolescentes que estudam num colégio em regime de semi-internato[11] e enfrentam os “dramas” típicos do período, como a descoberta do primeiro amor, os conflitos de autoimagem, o desenvolvimento de distúrbios alimentares, o bullying[12][13], o relacionamento conflituoso com os pais[14] e o alcoolismo[15]. Na versão mexicana, os seis papéis eram interpretados, respectivamente, por Anahí, Christopher Uckermann, Dulce María, Alfonso Herrera, Maite Perroni e Christian Chávez. Os nomes dos personagens e seus perfis foram levemente alterados por Boury[7], o que causou certa controvérsia entre os fãs da versão mexicana[16][17][18], que fora bastante popular no Brasil durante sua exibição[19][20].

Em junho de 2010, a Rede Record anunciou que não mais produziria um remake da telenovela mexicana Cuidado con el ángel, como vinha sendo até então anunciado, em favor de uma versão brasileira de Rebelde. A telenovela é a segunda coprodução da emissora com a emissora mexicana Televisa, após Bela, a Feia, exibida em 2010. Naquela oportunidade, fora anunciado que as gravações teriam início em agosto daquele ano – e a estreia, ainda em novembro de 2010. Entretanto, em setembro daquele ano fora anunciado que a telenovela só seria exibida a partir de fevereiro de 2011, pois as gravações, até então, não puderam ser iniciadas pela dificuldade que a emissora estava enfrentando na seleção do elenco. Segundo o vice-presidente da Record, Walter Zagari, foram investidos 43 milhões no projeto e a telenovela se tornará uma “marca”, sendo alvo de diversos licenciamentos. Simultaneamente à Rebelde, a emissora anunciava estar produzindo outra telenovela, entitulada Vidas em Jogo, prevista para estrear em abril de 2011 e já planejava implementar, no decorrer de 2011, três horários dedicados à teledramaturgia. Inicialmente, está previsto que Rebelde tenha 222 capítulos, durante 10 meses de exibição. Porém, o diretor de teledramaturgia, Hiran Silveira, disse que a novela poderá ter até 444 capítulos, em razão do sucesso que a trama poderá ter.

Cenário e caracterização
Um colégio, denominado Elite Way, será o cenário da maior parte das tramas da telenovela. Para a caracterização dos alunos foi desenvolvido um uniforme que, embora similar ao utilizado na versão mexicana, deste distingue-se por pautar-se pelo uso de tons azuis ao invés de vermelhos .Uma outra forma de diferenciar a trama brasileira foi estabelecer que os alunos estudariam num regime de semi-internato, podendo sair da escola nos finais-de-semana para retornar às suas casas – na versão mexicana, os alunos estudavam num regime de completo internato. Em decorrência disso, uma cidade cenográfica foi construída para retratar a casa dos pais dos personagens na Ilha de Guaratiba, no Rio de Janeiro. As cenas de discussões entre os personagens se caraterizam pela presença contínua de onomatopeias, como acontece nas histórias em quadrinhos.
Música

Todas as quatorze canções que integrarão, inicialmente, a trilha sonora da telenovela serão inéditas, não estando prevista a regravação de nenhuma das composições originalmente utilizadas pela telenovela mexicana ou pelo grupo RBD. No final de maio de 2011, foram gravadas as três primeiras canções: “Rebelde para Sempre”, “O Amor Está em Jogo” e “Do Jeito que Eu Sou”. A emissora revelou, em julho de 2011, que a banda formada na telenovela se chamará “Rebeldes”, segundo Flávio Ricco.
A banda NX Zero teve significativa participação na produção da trilha: a música de abertura, gravada pelos seis protagonistas em 14 de março de 2011, foi composta por Diego Ferrero, vocalista da bandae o guitarrista Gee Rocha compôs algumas das canções que serão incluídas no álbum.
Ao decorrer da trama, várias canções foram lançadas. Duas em 26 de agosto de 2011: “Outra Frequência”, um dueto entre Sophia Abrahão e Mel Fronckowiak e “Tchau pra Você”

Rebelde Os Seis Pricipais